« Domestico | Lágrimas » | A Voz » | Gente... » | Auto-retrato » | Vagos versos » | A Faca que Matou José Augusto » | Stravinsky... » | Embolada » | Sim, vcs não podem perder A orgia universal no Mo... » | Verdade »

Espelhos




Mais que corpos misturados
Espelhos que se fundem
Tocando-se nos seixos
De um ardor interminável

Duas mulheres, almas em transe
Amando-se com línguas e corpos
Entorpecidas numa nuvem de suor
Encantadas pela pele nua
Lisa, sedosa e macia
Que se completa ao roçar dos lábios

Flores que copulam
Barcos contra a correnteza
Subindo e descendo paredões
Nas marcas das unhas nas costas

Sinestesias
Impacto declarado e incompleto
Dançando ao som de corações
Pulsantes

Mistura delicada e envolvente
Um jazz dançado a véus colados




O sexo visto desse modo é belo. Ainda mais quando é feito pelo belo sexo.

Tá assistindo "The L Word"???

O poema é mto bonito, dá até uma imagem agradável da coisa. Mas não, ainda prefiro as coisas que se encaixam perfeitamente.

Mas não deixa de ser bonito!

PS: Caso você não saiba, "The L Word" é um seriado que passa na Warner Channel atualmente, que trata da vida de um grupo de amigas lésbicas, suas paixões, neuras e afins. Mto legal mesmo, sempre que eu posso eu assisto. Você deveria ver um dia, é bem legal. Besos, honey!

Cooool!
Bem legal mesmo.
Quase uma explosão, heheh

Uau!
Sensual!

rs... :)

Um jazz dançado a véus colados, lindoo isso!

p.s: deixar claro que concordo com a senõrita p sobre as preferências... =p~ hehehehe

Bjus!

ahahahahaha! ê trem!

rsrss... homens sempre tiveram atrações por lésbicas num é não? Diz aí...rs

Eita, fetiche, né não?!?!?!? Mulé com mulé dá jacaré... hahahahahaha... Faz agora um sobre a relação sexual entre gays homens. Tá bom, tá bom, não vou dar uma de politicamente incorreta aqui. E o poema tá lindo mesmo.

É... as coisas colocadas dessa forma deixam a situação em si menos... sei lá ... estranha.
É engraçado a "trava" que a gente tem com relação a esse tema.
Mas foi muito legal teres tocado nisso.
Beijos!

Uma delícia.

:*

Posta un commento