« Domestico | Dueto » | Salto » | Lucy » | Quando a vejo é como uma orquídea Leve e jeitosa, ... » | Niver » | Puskas » | Desejos e delírios » | Fichas » | Quando eu vir dali » | Espelhos »

Chora mãe, chora

Chora mãe, chora
Na casa da pinguela
Chora mão chora
Ele não bate na janela
Chora mãe, chora
Do sítio pra favela
Quem é ela?
Que diz dela?
Não se pinta em aquarela
Corte a flor de berinjela
Seu cabelo não resseca
E fica bela
Pro amor
E o que será amor?
Quem lhe dará amor?
Toca o peito murcho
Seco o coco: vida é bom
Soco no fogo da paixão...

E quem vive dela
Não sabe o que se quer
Ou se quer
Ou se não
Ou se serra ou sertão
Comigo sim
Comigo não
Boate, invasão
Suporte ou sabão
Inchou coração

Chora mãe, chora
Seu filho sofrerá
Chora mãe, chora
Ele esquecerá
E dará
E fará
E furou

nossa... muito a ver comigo...
vc é muito foda... rsrsrs
beijos...

Parece samba... gostei muito do ritmo.

Bão demais isso...

Até que pra um "matemático" vc surpreendeu. Ritmo gostoso, versinhos ritmados e com conteúdo... gostei!

bjos meus.

Posta un commento