« Domestico | Embolada » | Sim, vcs não podem perder A orgia universal no Mo... » | Verdade » | Triste... » | Mão » | Caldas » | Cheiros » | Molotov » | Novidades » | Beatles »

Stravinsky...




Quando as notas se mutilam
E se somam, assombrando
A iluminação renovada,
Vejo os pardais de outra forma
Voando em ré e fá
Na noite, como morcegos
Guinchando pelos ares...

É preciso mta atenção para compreender. E no momento, estou com soninha. Mas voltarei.

Adoroooooooooooooooooooooooooo!!!

o cachorro que o diga!!! :P

Nossa...Sombrio!
E ae Querido,
Tudo certo?
Velha??? Só um tico! hahaha
Bjão
Paty

Matizes da Sagração da Primavera sobrevoam a minha cabeça... beleza forte e rude da palavra, digno de Stravinsky.
Um abraço franco. AP

Ouvi a Sagração, mas não os pardais! Só o sacrifício!
(a propósito: é um prazer conhecê-lo)

Posta un commento