« Domestico | Tédio » | Um Pequeno Poema pra Mamy » | Pra dois Amantes » | Diário de Bordo I - Rodoferroviária » | Bem... » | Cily » | Luto... » | Onomatopéias » | Por um Novo Brasil » | Ladrilho »

Musa em Azul 1


Azul
Monotônico azul bajulando o céu
Encobre a cidade com seu véu
de dúvidas e vertigens....
Produzindo sinfonias solitárias
Liquefazendo a existência
Se esbaldando num som solitário
De blues

Rola no ar
A nuvem doida que ultrapassa
de leve
A fumaça dos edifícios
E segue atônita
Por meus olhos
Transformando a cor da noite
Em mares de erotismo

Ela vem em metamorfoses e beijos
Sussurrada aos ventos
Semi-nua e incrédula
Quem é ela?
Quem sou eu?
Quem procuro?

Não sei ao certo
Mas sinto a mão incandescente
seus beijos...seu cheiro...seus peitos arfando sobre mim
delírio, embriagado pelo azul que despeja
que me beija
me deseja, me suga
da alma todo o brilho e serenidade
da vida toda a calma e lucidez
numa luz azul e infinita
Nefasta.
Me perco entre esse seu blues antigo e escuro.

Sou fera no reino dos homens
A esperar um milagre de Deus

**************************************

Escrito a quatro mãos numa madrugada tediosa ao som de Stravinsky e imaginando Blues. Espero que vocês consigam captar esse clima...

Abraços

bela musa de azul envolvente.
Tirou o sossego de dois internautas metidos a poetas :)

Beijoks

Bonito colorido, meu caro

o azul e seus efeitos
do celeste dia em festa
ao triste solo de um blues

Muito lindo, com certeza! Você e Drika estão de parabéns!

vc é mto bom em colocar imagens ótimas por aqui...
caramba..deve fuçar a noite inteira!
bjos e saudades..parece que não nos falamos mais...pq será??

Poeta!
Amei...muito bom!
Adorei q apareceu no meu Blog...já tava com Saudades!!!
Bjkas
Paty

Eu fico surpreso que ainda existam pessoas que conseguem escrever assim. E é uma supresa boa. Fico tentando imaginar a linha de raciocínio. É legal como todos os sentidos cabem num poema só.

Adorei essa foto! E o poema então...
Bjos!

Posta un commento