« Domestico | Luto... » | Onomatopéias » | Por um Novo Brasil » | Ladrilho » | Campanha Ajude o Brincher » | Poeta de Merda » | As Escadas da Vida » | Puzé... » | Revolução » | Quadrilatero »

Cily

E ela sorri na fria página
Vê a vida, vê a lágrima
E serpenteia pelo ar

E ela corre, nuvem disforme
Dança na noite, vive o luar
E ela dança, ela encanta
Beija o livro, lança a flor
E disque, diz que vai chegar...

*****************************************

Tava te devendo, muié, muitos milhões de bilhões de beijos pra ti. Eu omiti aquele detalhe, tá? rsrsrsrs....

*****************************************

Pra quem tiver interesssado, tem história de um quarentão enxuto e sua amada esposa no Morango com Gengibre

A coisa mais bonita que já me escreveram.
Brigadinha!
Bjs!

Muito bonito mesmo, ela mereceeeeeee!!!!!

E eu li a história do Morango. Li sim, li sim.

Eu adorei, vou ver o morango com gengibre pra ver mais desse amor...

bjinhos e boa quarta!

Cilyyyyyyyyyy!!!!!!!!
Ficou lindo o poema pra ela, Grande Poeta! A Cily é muito fofa!

amei!
ficou lindo mesmo!
e a cily é show de bola!

Posta un commento