« Domestico | Campanha Ajude o Brincher » | Poeta de Merda » | As Escadas da Vida » | Puzé... » | Revolução » | Quadrilatero » | Mitocôndrias » | Musa em Preto e Branco #1 » | Chuva » | Cimento »

Ladrilho

Chuva molha a telha
Telha tem goteira
Dentro o bule ferve
Dentro a plebe geme
Geme e não vigora
Já chegou a hora
Finca a lua nova
E depois jantar
Ligando a tevê
Vê se não amola
Vê se não me beija
Vê se não demora
Amor.



Já te disse que gostei muito, não foi? Parece... não... não vou falar com quem parece... já te disse... não vou falar, pra Menin@ não revirar os olhinhos e dizer: ai, ai, ai...

ô, ô, não demora. Perfeito.

Eu diria que adoro chuva, e que seu poema me inspirou. Thanx!

"Chuva molha a telha
Dentro o bule ferve
...Vê se não demora"
Tudo isso dá uma nostalgia né não?
Beijo meu querido.

"Vê se não amola
Vê se não me beija
Vê se não demora
Amor"

Adorei!!!

Vê mesmo se não demora!
Achei piada, gostei.

Posta un commento