« Domestico | Sobre o Morango com Gengibre » | Amores e Amores » | Musa em Vermelho 1 » | Outras Cossas » | Para Amadas Mulheres » | Adaggio » | Maria » | Vênus » | Sobre Periquitos e Matemáticos » | Triste... »

Vermelho

Vermelho

Ela vem, consumindo a lua
Deleitando o mundo inteiro
E dissimulado lhe observo
Quando sorri ate a nuca

Ela vem, me dizendo
E me arranhando
E me sufocando
De calor vulcanico
De sentimentos laicos

Ela vem com sua nau
E eu com meu escaler
Boiando no mar bravio
Em tonrno dela
Meu porto,
Meu ceu,
Meu sangue:
Vermelho a pulsar em minhas temporas

*****************************************************

A quem interessar possa, tem uma linda história de um palhaço romântico no Morango Com Gengibre

Essa menina tá correndo perigo, né não? Ou será que quem corre perigo é você?

Eu já tive o cabelo vermelho. Hahahahahahahhahaahahahaha!!

Mas mto bonito seu poema. Dizem que as mulheres ruivas são quentes, vc acha?

Como eu não gosto de mujeres, não posso opinar. Mas no que diz respeito a vocês, hombres, eu te digo, não tenho NENHUM preconceito de cor. Vocês são todos bons... hahahahahhahahahahahhahaha!!!

caramba...
eu tb já fui ruiva.:p mas tb já tive cabelo rosa, então não sei se vale.
heheehhee
putz...mandaste muito bem..
e concordo com a clau..quem será q tá correndo perigo?

é meu amigo... vermelho é uma cor marcante mesmo...
minha namorada´é ruiva, nao preciso dizer mais nada ne...

Oraora... Gostei, meu caro Poeta Matemático!!!

1[]!

nossa, que alma!!!! imprecionante!!! gostaria de encontrar aki um dia meu nome com suas rimas!!! Quem sabe ainda uma Renata poderá sr a inspiração dos versos de um poeta assim como tu!!!

as ruivas...sempre as melhores!
hshshshshshsh

Posta un commento