« Domestico | Vermelho » | Sobre o Morango com Gengibre » | Amores e Amores » | Musa em Vermelho 1 » | Outras Cossas » | Para Amadas Mulheres » | Adaggio » | Maria » | Vênus » | Sobre Periquitos e Matemáticos »

Renata



Renascida
Ressuscitada
Revivida das cinzas
Fênix a nos velar
Nos céus e na terra
Com fogo nos braços
O mesmo vermelho
O mesmo semblante
Nos olhos
Símbolos
Imensidão e fúria...

Ela vem
Antes que nos vejamos
Antes dos vinte anos
A intrincação e o simples
Que se completam
Se beijam e falam
De olhos fechados
Renata

********************************************************

Se alguém souber quem é a Renata que pediu um poema pra ela no último post e infelizmente assinou como anônima, por favor, diga pra ela que o poeminha tá aqui...

Abraços

Ass: Roger Elias Tabaldi
Vulgo Poeta Matemático

Pô, tomara q a Renata leia!
Vai adorar!!
Bjs!

lindo.
mas vem cá...
eu te chamo de poeta mesmo, pq tenho a sensação que nem mário nem elias é seu nome...que eu faço? pq desconfio q seja ulisses?

humm, o poeta das mulheres atacando de novo.
Mas tá lindo viu?
Beijos
Tava com saudade.

Hum... então é só encomendar? Anota aí, por favor:

2 pra Adriana; 3 pra Ana; 1 pra Clara; 6 pra Maria (sacumé, tenho muitas amigas Marias)... hehehe...

Brincadeiras à parte, o poema tá lindo.

Nossa...Que lindo!!! Nem achei que seria assim tão perfeito!!! Nem que meu comentario despertaria sua inspiração... thank you!!! Amei

perfeito como sempre.

Você e suas musas.
Você e suas rimas ousadas.
Você e suas manias,
de falar de mulheres semi-nuas.

Você...
Que saudade!!

Posta un commento