« Domestico | Musa em Vermelho 1 » | Outras Cossas » | Para Amadas Mulheres » | Adaggio » | Maria » | Vênus » | Sobre Periquitos e Matemáticos » | Triste... » | Bela Flor » | Virgínia »

Amores e Amores

Ontem choveu. Assim como os passarinhos, a chuva me deixa muito feliz. Em Brasília chove muito pouco nessa época do ano. Quando chove é sempre uma alegria.

Mas pra mim a chuva sempre foi um elemento de reflexão. Eu estava conversando ontem com a Mamy, a Menina, o Coyote e a Cily no MSN até tarde da noite quando começou a chover. Nessa hora eu fui dormir. Dormir com barulho de chuva é muito bom...

Mas antes disso eu fiquei matutando umas coisinhas. Eu cheguei à incrível conclusão que quase ninguém sabe mesmo o que é o amor, o que é amar. Isso é muito doloroso.

Boa parte das mulheres acha que o homem ideal é um príncipe encantado, com grandes virtudes, um coração generoso etc. Pois é, esses homens sempre ficam sozinhos no final da história ou então viram outro tipo completamente diferente de homem. Quem assistiu Shrek sabe do que eu tô falando...

Mulheres, abram os olhos. O homem ideal não é nenhum príncipe. É sim um grande plebeu. Afinal de contas, o que vocês esperam do homem de suas vidas? Já pararam pra pensar que é preciso muito menos que isso pra fazer vocês felizes o resto da vida? Já pararam pra pensar que tentando ter demais podem no fim das contas ter de se contentar com muito menos?

O homem ideal precisa saber fazer sorrir, saber dar conselhos, saber sonhar de vez em quando. Precisa ser um bom reprodutor e um bom pai, ter um pouco de maluco...

O problema é que a maior parte dos homens é exatamente assim. Os homens são muito parecidos mesmo. Já pararam pra olhar os tímidos, os cabisbaixos, os extrovertidos demais, os que ficam olhando solitários o tempo, os que abraçam vocês com força e perguntam como vai a vida? Esqueçam barriga, esqueçam a careca, esqueçam a barba. Olhem pra gente com outros olhos, sem esse preconceito crítico, essa vulgaridade. Olhem pra gente por dentro. Sério, muitas se surpreenderão...

E outra coisa, saibam o que é realmente o amor. Nada dessa pieguice de namorar por toda a vida. O amor é muito mais rotina do que a eterna surpresa da paixão. O amor é tranquilo, é redentor. Por isso temos a ilusão de eternidade. O amor nao tem nada a ver com posse, tem a ver com partilha, com comunhão.

Quem ama não abandona os amigos, não se perde nessas mesquinharias. Quem ama de verdade multiplica as amizades. Quem não sabe amar acaba perdendo coisas muito preciosas.

Mas isso não é problema meu. Eu sei amar e amo muito. E minha namorada me ama também, talvez mais do que eu mereça. Ela me dá conselhos, ela sorri da minha cara de tristeza. A gente chora juntos de vez em quando. Isso é muito mais do que exigir do outro coisas que ele não pode dar...

Por isso eu queria que todo mundo tivesse alguém assim, pra toda a vida...

É isso...

Poeta, meu lindo... você me surpreende sempre... por isso que Mamy te ama tanto. Seu jeito doidinho, seus incontáveis 'vivas', tudo isso é só casquinha. A pessoa que você é no íntimo é tão generosa, boa, preocupada com o bem estar dos outros que... ah... nem vou ficar falando nisso.
"Quem ama não abandona os amigos, não se perde nessas mesquinharias. Quem ama de verdade multiplica as amizades. Quem não sabe amar acaba perdendo coisas muito preciosas..." - como você é sabido, meu querido!

Nossa!
Mandou bem.
Deixa eu comentar algumas coisas que eu considero importante:
. Também amo chuva, passarinho... nem tanto.
. Eu sei o que é o amor e também sei amar, mas concordo contigo que poucos sabem.
. Não acho que o homem ideal tenha que ser um príncipe, acho que ele precisa ter uma princesa. rs. rs.
. Discordo de ti qdo diz que namorar por toda a vida seja pieguice, tem tantas formas de namorar...
. "O amor nao tem nada a ver com posse, tem a ver com partilha, com comunhão." Essa frase pra mim foi tudo.
Amei o texto e amo você.
Beijos

Sabe,poeta. Isso é mais ou menos o que eu disse há alguns posts...
Mas acho que parando pra refletir sobre minha vida, eu já parei de procurar os certos, deixei de me encantar pelos errados, arrastei um monte de pedras pelo caminho e nem pude fazer uma escada delas...Então, que se dane o amor 'home-mulher'. Quero é curtir meus amigos,minha família e todo esse amor gratuito que é distribuído desde um sorriso de um bebê até ao ronronar de um gatinho.
Acho que esse é o unico tipo de amor que para mim pode ser eterno...Os outros? Bom,é essa minha vida de poeta.:)

Adorei o texto e, como disse à vc, já me peguei pensando muitas vezes nesse assunto...
Belas palavras!
Bjs

Poeta vc falou tudo...
tudo o que eu gostaria de dizer sobre este assunto que porém não teria a destreza que vc teve de assim escrever...
Endosso suas palavras...
Um abraço

Mamy: É bom nõa falar mesmo senão eu fico mimado. E também tu entendeu as indiretas, né?

Bela: É, não me expressei bem. Não é pieguice não. Pelo menos não pra quem ama...

Drika: É, eu pensei no teu post também pra escrever esse. Relaxa, logo logo tu achas teu Hombre...

Cily: E quem não pensa nisso? Eu penso o tempo todo..

Policarpe: É, hombre, a gente precisa sentir pra dizer essas coisas. Precisa de certezas. A vida é assim...

Claro que entendi a indireta, lindo. Mas, ó: é apenas um desequilíbrio, não é maldade... tem gente que se desequilibra fácil fácil.

Eu tenho medo de conhecer o amor, já que eu imaginei que um dia eu o tenha conhecido e tudo não passou de uma ilusão. Eu não faço idéia de como será o cara ideal pra mim. Acho que mais ou menos da mesma forma que é com os meus amigos.

Não são necessárias as palavras para nos explicarmos. No silêncio mesmo a gente se entende.

Acho que é isso. Não consigo mais acreditar mto nesse tipo de amor, mas enfim....

"O homem ideal precisa saber fazer sorrir, saber dar conselhos, saber sonhar de vez em quando. Precisa ser um bom reprodutor e um bom pai, ter um pouco de maluco..."

Ei, eu namoro o homem ideal!\o/
Mas eu já sabia...

E outra que bateu de frente: "Quem ama não abandona os amigos"

C-O-N-C-O-R-D-O, com diretas e com indiretas, pra todas as pessoas que merecem ouvir isso! Abaixo os velólatras!

poeta, caramba! QUE POST ANIMAL!
Conseguiu expressar muitas coisas que eu não conseguiria por no 'papel'.
No fundo, no fundo, o homem ideal que as mulheres tantas sonham éexatamente esse cara que vc descreveu:
-O homem ideal precisa saber fazer sorrir, saber dar conselhos, saber sonhar de vez em quando. Precisa ser um bom reprodutor e um bom pai, ter um pouco de maluco...
-Esqueçam barriga, esqueçam a careca, esqueçam a barba.

pode apostar..o cara pode ter barriga, ser careca e ainda ter nenhum senso de estilo...mas se ele for tudo isso que vc disse acima, ele ganha a mulher fácil...
o problema é achar um cara que esteja disposto a ser assim. :/

Menina: Eu sempre soube q o Coyote era ideal, oras. Agora essa de velólatra é massa. Nova palavra pro vocabulário (rsrsrs)

Aline: Viu como o post casou com vc? Puzé, eu ainda acho q qse todo homem é assim e vcs deixam os meninos de lado. Tadinhos...

Mamy: Tá bom, mas se quiser falar comigo de novo vai ter de suar (rsrsrs)...

Ana P.: Olha, Miss P., sério mesmo, tu tá passando por um momento capital. Logo isso passa e a gente sai pra beber cerveja... Te adoro...

Posta un commento