« Domestico | Algumas Musiquinhas » | Sobre como o Poeta Matemático e o Anarquista se Re... » | Banquete de Sensações (Soneto 8) » | Tedio » | Passarinho, Passarás, Passarei » | Para a Menina Prodigio... » | Ave » | Reveillon - Parte II » | Sou Eu, Não Acreditas? » | Chuva »

Um Dia Feliz, Enfim

Depois de tanto tempo, um dia feliz
Em meio aos escombros de nossa humanidade
Não desejei te ter pelo caminho mais bonito
A voar rapidamente como se tivéssemos asas
Batendo-as fortemente para derrubar o mundo

Eu não pensei em você e isso me faz mais forte
Quero gritar, eu estou livre, sou como o pássaro
Imaculado e decadente pelos campos descobertos
Eu sou cruel e forte, posso todas as coisas
E por ter poder não vou usa-lo contra ti

Eu vejo um mundo novo de possibilidades
Incalculáveis, se descortinam em minha frente
E se dobram sobre mim como os sinos de natal!
A sabedoria está a meu serviço, agora eu sei!
Sempre esteve e sempre estará, até segunda ordem.

Muito bonito ...porém triste, quando temos que ficar alegre porque paramos de pensar em alguem.
Um beijo.

Libertação! Como é bom se livrar de pensamentos que nos deprimem!

Tá bonito,poeta!
Ficou bravo comigo no msn!? rss...
Quando eu entro numa discução é pra morrer de discutir,porém o assunto que discutíamos é muito complicado de falar pelo msn, é melhor discutir pessoalmente pq aí se ficar com raiva a gente sai no tapa e boa! ahahahaa, brincadeira!
Beijos!

Eu achei bonito, porém egoísta. Achei errado?

Sei lá. Felicidade pra mim, um dia feliz, pelo menos nos meus pensamentos, não é tão somente e apenas quando eu estou livre e feliz. Mas quando percebo que mais pessoas à minha volta assim se encontram tb.

Meus pensamentos, sei lá... ow, saudades, dá pra aparecer no msn de vez em quando!?! Beijokas!

Posta un commento