« Domestico | Passarinho, Passarás, Passarei » | Para a Menina Prodigio... » | Ave » | Reveillon - Parte II » | Sou Eu, Não Acreditas? » | Chuva » | A Teoria dos Cachorros Assassinos » | Reveillon - Parte II » | Reveillon - Parte I » | Noite Punk »

Tedio

Uma coisa engraçada e interessante que eu ja tinha notado ha muito tempo e' que os compositores daqui de Brasilia sempre falaram muito sobre Tedio. Em muitas cançoes, que vao desde Renato Russo a Plebe Rude, o tedio e uma coisa sempre presente. Acho que um reflexo do conturbado periodo da decada de 80, quando o mundo vivia grandes transformaçoes e aqui estava tudo se modificando devagar, paulatinamente. Nos anos 80 Brasilia tinha 20 e tantos anos, muito poucos perto das grandes cidades do mundo.

Ainda se via terra nas ruas, muitas quadras vazias (ate hj nao terminaram Brasilia, tem varias quadras que so tem gramados de futebol), muita gente velha e muita gente jovem, da primeira geraçao de nascidos aqui. Outros vinham pra ca de outras cidades e falavam, "que saco de cidade".

Mas, naquela epoca voce encontrava o embaixadores na rua ou na padaria, passava nas ruas principais e via chefes de estado, almoçava com os maiores politicos do pais, no mesmo lugar, ia no mesmo barbeiro do presidente. O pior que Brasilia ainda e' assim. Isso e' muito engraçado. Imagina, semana passada eu tava voltando da aula de nataçao, passando pela L4 norte e vejo um comboio da policia federal. Quem tava no carro do meio? O Paloci que tava indo pra CPI, com a janela aberta, o braço de fora. O carro dele quase me atropelou na faixa de pedestres (os carros oficiais sao os unicos que nao param) e o Paloci me cumprimentou por causa disso. Eu e o Paloci tivemos uma conversaçao nao verbal de uns centesimos de segundo. Eu acenei com os olhos, ele olhou pra mim , aqueles olhos expressivos de politico e foi embora.

Engraçado, eu passei o dia inteiro pensando no olhar do Paloci. Sei la, eu como poeta gosto muito desse negocio de olhar. Eu tento sempre ficar incognito e por isso em surpreendo quando eu sou notado. Sera que ele queria pedir desculpas pelo quase-atropelamento? Sera que ele queria uma força antes do depoimento da CPI? Sera que ele me olhou assim como quem nao ve, com o olhar perdido e distante? Provavelmente eu nunca vou saber.

Sei la, nessa horas a gente pensa que essas pessoas tambem sao gente como nos, com defeitos e dificuldades. Apesar de dicordar de certos aspectos chatos da politica economica eu penso que as pessoas tendem sempre a fazer o melhor que podem.

Agora, falem serio, uma cidade assim pode ser entendiante?
*************************************************************************
P.S.1: Desculpem o teclado desconfigurado, mas na facu eles usam uma versao muito antiga do Linux
P.S.2: Os comboios presidenciais e de ministros nao podem ser parados em hipotese alguma, mesmo nas faixas de pedestre. O problema e' que eles tinha de ter feito pelo menos algum barulho antes de eu pisar na faixa, ne'?

rsrs...bom, eu não sei. Se um dia chegar a conhecer Brasília, poderia dizer por mim mesma, sem a influência da opinião da tia nem nada, rss...
Beijoca.

Duas coisas: não consigo ouvir a Janis Joplin, isso me deixou mais triste... e a segunda coisa: eu gosto muito do Paloci e simpatizo com ele.

Agora pode me crucificar!

Detalhe, gostaria de ter olhado pra ele de perto também, deve ter sido legal. Aliás, não sei como me sentiria. Aliás, acho horrível quando as pessoas falam bobagens das cidades que não conhece. Mas como são os compositores daí mesmo que falam essas coisas, simplesmente não sei o que dizer!

Me deves uma conversa... beijo grande!

Viver em Brasília, pelo jeito, é como estar no cenário do Jornal Nacional, esbarrando com as figurinhas da política o tempo todo.
Quanto ao tédio: ele era "bonito" nos anos 80, tanto em Brasília como no Rio. Você ficava com um ar mais cult, blasé e todas essas outras coisitas.

Eu acho brasília interessantíssima, e sem nenhum tédio.

Aliás, eu continuo querendo estudar aí. Um dia eu vou.

E outra...JUSTAMENTE os carros oficiais atropelam os cidadãos-pedestres?

Tsc, tcs...Tudo ao contrário!

E isso de os grandões serem de verdade...eu desconfiei desde o princípio. E por isso, sinto uma mistura de pena, identificação e carinho por todos eles.

Fora os artistas dos shows o único artista que eu encontrei foi Waldick Soriano no aeroporto, rs rs rs . O cara é sinistro, parece uma figura do Harry Potter, rs rs.
Beijos

Eu acho brasilia muito chata e sem ter muito o que fazer. Nao ligo a minima por estar perto de politicos e deveras nao os encontro na rua. Porem a questao do tedio eh mais pessoal. Acho que Renato Russo se sentiria entediado em qualquer lugar do mundo.
Depois que vc passa a viver mais consigo mesmo, pode ficar sozinho e sem fazer nada, mas nao se sente muito entediado. E se sentir, o melhor eh ficar com o tedio que nao diferira de vc.

Gostei muito de brasília quando a visitei, e pespero voltar para rever os amigos....
abraços companheiro, e cuidado com os carros oficiais....

Renato Russ dizia que eles faziam rock naquela época pra poder sobreviver, visto que toda a mídia e as coisas pretensamente "legais" eram do eixo Rio-São Paulo

O rock é a melhor forma de mandar o tédio embora.

Paloci tem uns olhos de falcão.

Fer: Entao vem, vc vai ser muito bem-recebida....

Ana P: Pois e' a musica nao toca de jeito nenhum. Vc sabe um site legal pra eu guardar esses arquivos? Alem disso, eu nao curto muito o que o Palocci faz, mas boto muito mais fe nesse governo do que no do FHC. Voto no Lula ate o Fim. Podem me crucificar...

Mamy: Hum, mais ou menos. Eu vivo aparecedo no jornal nacional, eles sempre filmam a UnB, hehe. Pois e' tedio como movimento culural? Hum, sei nao..

Menina: Vem pra Brasilia, vem, ae...

Bela: Ixi, eu ja vi tanta gente, vou postar sobre isso...

Abobora: Falou, ta falado...

Coyote: Volte logo, volte

Foi-se o tempo em que so os comboios oficiais nao paravam nas faixas... A lei foi criada a dez anos, o pessoal ja se esqueceu...

Oi, passei para te da um oi! E, em relação ao tédio.. acho q to meia assim hj.. :) Bjs

eu acho que ele queria te pedir desculpas... [embora meu lado "desconfiado" ache que ele queria te "ganhar", já que as eleições estão próximas]

eu quero ir à Brasília. um dia vou. e acho legal essa coisa de políticos... hehe nesse teu post, eu viajei!

Na minha opinião, Palocci nem te viu direito! De burro que é, porque esse seu blog é muito bom!! Parabéns!

Não posso dizer nada... Não conheço Brasólia...

Conheço bem Brasilia, mas como toda cidade há pontos negativos.
Quem não conhece Brasilia tem a impressão de ser uma cidade de "figurões politicos" e "playboy's". Bom, erra essa a imagem que eu fazia do DF.
Quanto a sua opnião, sobre Lula até o fim, acho tudo que é muito radical perigoso.

Posta un commento