« Domestico | Macbeth » | Calor » | Soneto » | Solidão » | Bolero » | Impressões... » | Aos Injustiçados Sapatos » | Cárcere » | L’a Venturosa Jornada » | Primeiras Impressões »

O Amor



O amor é bruma, nebuloso.
Intransigência inconstante, aleatório
Fé inabalável, exatidão absoluta
Epístola, camisola de dormir
Fuga, sombra, verdade,tosco
Ilusão, sonho, clipe, fotografia
Retrato espontâneo, indecifrável.

Amor é o que há! Pena que sinto um pouco falta desse tal de amor...

Beijos e volte sempre ao blog!

P.S.: desculpa não voltar aqui antes, mas seu endereço não aparecia...

Hummm... pensei que essa fosse a descrição da paixão...

Desaprendi a falar do amor.

What a great site
» » »

Posta un commento